Psoríase do couro cabeludo

 
A psoríase do couro cabeludo é uma das formas de psoríase mais predominantes, sendo frequentemente o precursor de outras formas.
 
Apresenta-se tipicamente como grandes placas espessas que se estendem até à testa, bem abaixo da linha do cabelo, como uma "touca" nitidamente demarcada, ou como manchas discretas. Os fios de cabelo crescem saudáveis entre as escamas, não sendo agarrados por estas.
 
A psoríase do couro cabeludo não provoca a queda de cabelo; as raízes do cabelo situam-se abaixo da pele e não são afectadas. Ao contrário da caspa, que afecta quase todo o couro cabeludo, a psoríase forma placas muito distintas e deixa outras áreas livres.
 
Embora a caspa não possa ser sentida quando se passa os dedos pelo cabelo, no caso das protuberâncias da psoríase, estas podem ser sentidas, devido ao crescimento das escamas e subsequente agrupamento destas entre os fios de cabelo. As escamas contêm uma quantidade significativa de sebo no couro cabeludo.

 

Psoríase do couro cabeludo e base do pescoço


Esta é uma das áreas mais afectadas pela condição. Toma a forma de placas espessas que estão nitidamente definidas ou que se alastram para a testa e para a zona atrás das orelhas. As lesões não causam queda de cabelo, porque a terapia não é muito agressiva e a comichão é limitada.
 
 

Enviar a um amigo Imprimir Voltar ao início Adicionar aos favoritos Limitação de responsabilidade
Søgaard & Co. - Mere web for pengene