Psoríase em placas

(Psoríase vulgar)

 

 

A psoríase em placas é a forma mais predominante da psoríase. Os médicos referem-se a estas lesões como "eritemato-escamosas", o que significa "vermelhas e escamosas", as quais têm uma forma redonda ou oval, vermelhas, claramente demarcadas e cobertas por várias escamas secas superficiais.

As escamas têm um tom prateado e cobrem normalmente toda a mancha vermelha, a partir da qual se soltam em abundância.

 

As placas podem variar em tamanho e número. O coçar destas manchas origina o aparecimento de pequenas gotículas de sangue. A sua cor pode variar em intensidade, sendo normalmente mais vermelha na extremidade do que no centro da placa. As placas podem ser finas ou espessas. São normalmente simétricas na parte exterior dos braços e pernas, especialmente em ambos os cotovelos e/ou joelhos, mas qualquer parte do corpo pode ser afectada.

 

A condição pode surgir em várias partes do corpo, podendo as lesões variar dependendo da parte do corpo afectada. Localiza-se com maior frequência nos cotovelos, joelhos, costas e couro cabeludo. No entanto, pode igualmente surgir noutras partes do corpo, como a face, mãos, pés, unhas, pregas cutâneas e membranas mucosas.

 

A psoríase em placas é acompanhada por comichão em 60% a 70% dos casos. Não provoca sempre comichão, embora este seja um problema para algumas pessoas.

 

 

Encontram-se disponíveis novos tratamentos seguros e eficazes para as pessoas que sofrem de psoríase

 

Tratamentos para a Psoríase

Enviar a um amigo Imprimir Voltar ao início Adicionar aos favoritos Limitação de responsabilidade
Søgaard & Co. - Mere web for pengene